Quais cuidados tomar em uma viagem corporativa?

Viagem a trabalho é um compromisso comum na agenda de muitas pessoas. Frequentemente as empresas enviam seus colaboradores em viagens a fim de que eles conheçam outras unidades da organização, participem de treinamentos, visitem clientes ou fornecedores.

Mas a verdade é que muitos desses colaboradores encaram uma viagem corporativa da forma errada e acabam comprometendo sua imagem profissional.

Para ajudar você a não fazer feio nas suas viagens a trabalho, trouxemos algumas dicas. Confira, a seguir, quais cuidados tomar em uma viagem corporativa:

Lembre-se do motivo pelo qual sua empresa está custeando sua viagem

Viajar não é barato. É só começar a planejar uma viagem de férias e colocar as contas no papel que temos uma ideia clara do quanto precisamos nos esforçar para reunir os recursos necessários.

Se a empresa se dispõe a arcar com os custos de uma viagem corporativa para você, esteja certo de que ela espera obter um bom retorno e resultados compensatórios. Viagens corporativas não são tratadas pelas empresas como uma gratificação para o colaborador. Elas são um investimento, feito com a intenção de alcançar determinado resultado.

Esteja atento também à sua postura. Não banque o turista. Você está viajando a trabalho. Independente de onde esteja, comporte-se como se estivesse em um dia normal no seu local habitual de trabalho.

Trabalhe antes, divirta-se depois

Se você está viajando a trabalho, faça o que é requerido: trabalhe. Muitos profissionais cometem o erro de, ao sair em viagens corporativas, encherem a agenda de programações turísticas e de lazer, esquecendo do motivo principal pelo qual eles foram enviados em uma viagem corporativa.

Não é proibido que você desfrute de alguns momentos de diversão quando viajar a trabalho, mas se certifique de que incluir essas programações na sua agenda não irá comprometer a entrega dos resultados que sua empresa está esperando de você.

Se você está indo para um treinamento, ou para trabalhar em um escritório da sua organização, cumpra os horários determinados e deixe a diversão para os momentos fora do ambiente e do período de trabalho.

Não exagere no consumo no hotel

“A empresa vai pagar, então eu vou aproveitar e me esbaldar.” Muita calma nessa hora! A empresa certamente pagará todas as suas despesas relacionadas a transporte, estadia e alimentação durante a viagem, mas a identificação de qualquer tipo de excesso sem dúvida afetará sua imagem profissional.

Consuma somente o que for, de fato, necessário. Não esvazie o frigobar só porque tudo está ali, à sua disposição.

Não fique pendurado no telefone do hotel. Se o motivo do contato for profissional, tudo bem. Para tratar assuntos pessoais, utilize seu telefone celular. Se precisar usar o telefone do hotel para telefonemas pessoas, certifique-se de que seja um caso emergencial e evite ligações demoradas.

Uma última dica, mas não menos importante: cuidado com o figurino! Lembre-se de que você não está de férias, então nada de usar roupas e acessórios que você não usaria no seu ambiente habitual de trabalho.

Agora que você já sabe quais cuidados tomar para não fazer feio em suas viagens corporativas, nos siga no Facebook e no LinkedIn para se manter informado sobre o tema!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *